Gaeco deflagra operação para apurar fraudes na Secretaria de Saúde de Sorriso

Ação ocorreu após denúncia realizada pela própria prefeitura do município

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) de Sorriso, município a 397 km de Cuiabá, deflagrou, nesta quinta-feira (28), a operação “Hígia” ,com o cumprimento de mandados de busca e apreensão e sequestro de bens.

 

CURTA NOSSA FANPAGE NO FACEBOOK – CLIQUE AQUI

A operação apura a prática de fraudes e desvio de recursos públicos envolvendo a Secretaria Municipal de Saúde e empresas privadas. As investigações começaram após a suspeita de pagamento em duplicidade de notas fiscais em ordens judiciais.

Estima-se que o prejuízo causado aos cofres públicos supere o montante de R$ 3 milhões. A operação do Gaeco de Sorriso conta com o apoio das unidades do Gaeco de Cuiabá e Cáceres.

A prefeitura do município emitiu uma nota oficial dizendo que foi autora de denúncia que resultou na operação e apoia o trabalho de investigação.

Leia nota na íntegra:

” A Prefeitura de Sorriso confirma que integrantes do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) estão nesse momento na Secretaria de Saúde e Saneamento cumprindo um mandado de busca e apreensão no gabinete do secretário bem como na sala do departamento de apoio judicial da pasta. Segundo o prefeito Ari Lafin, o Município esperava ansiosamente pela vinda do Gaeco há dias, visto que foi a própria Administração Municipal, que, diante dos casos de notas duplicadas, ofereceu denúncia ao Ministério Público.

Vale ressaltar que a sala de apoio judicial estava fechada desde a denúncia, data em que o ex-gestor da pasta, Luís Fábio Marchioro – que se afastou para garantir lisura ao processo, havia entregue a chave do espaço à Promotoria Pública, tendo sido aberta somente no início desta manhã (28) pela equipe do Gaeco. Matérias eletrônicos e de arquivos permaneceram na sala.

A Administração Municipal está aberta e espera que com a vinda do Gaeco toda a situação seja esclarecida o quanto antes, pois a população de Sorriso merece ter todas as respostas; visto que trata-se da saúde física e mental de muitas pessoas que sofreram perdas diante de atos ilícitos praticados.

 “Aguardamos pela continuidade do processo e pela completa elucidação de todos os fatos; agradecemos muito a vinda da equipe do Gaeco que será fundamental na conclusão desse processo”, finaliza o prefeito. “

 

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM-INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) – CLIQUE AQUI

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

FONTEO LIVRE
Artigo anteriorNove pessoas ficam feridas em acidente entre ônibus em MT
Próximo artigoAgricultura familiar é responsável por 77% dos estabelecimentos rurais do Brasil