Homem é ameaçado por travesti após não pagar por programa de R$ 200

Por fim, os dois foram detidos e encaminhados para a delegacia

Um programa sexual entre uma travesti de 18 anos e um cliente de 34 anos em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá) acabou na delegacia, após o homem não querer pagar pelos serviços da travesti e ser ameaçado por ela com uma faca.

 

CURTA NOSSA FANPAGE NO FACEBOOK – CLIQUE AQUI

A Polícia Militar foi acionada pelo homem no pátio de um posto no centro da cidade. Ao chegar no local, a equipe encontrou os dois em um Ford Fiesta branco e, a princípio, não havia nada de ilícito.

Questionado, o homem começou a relatar que tinha sido ameaçado pela travesti com uma faca devido a um desacordo entre os dois quanto a um programa sexual que haviam combinado.

Os policiais olharam a bolsa da travesti e encontraram uma faca de mesa e uma navalha.

A travesti, então, disse que foi chamada para fazer um programa sexual e combinado o valor de R$ 200, mas após o trabalho o cliente não quis pagar o valor combinado.

Diante da situação, os dois foram detidos e encaminhados para a Central de Flagrantes de Várzea Grande. Durante o registro do boletim de ocorrência, a travesti ficou exaltada e ameaçou o cliente na frente dos policiais.

O carro e os pertences do cliente foram entregues ao pai dele.

 

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM-INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) – CLIQUE AQUI

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

FONTEO livre
Artigo anteriorJustiça suspende efeitos da cassação de Eduardo Cunha
Próximo artigoFalta de Atenção: Motorista fica ferido após colidir veículo em traseira de carreta estacionada em Nova Mutum/MT